Diagrama Fasorial

Uma corrente alternada sofre alteração no seu valor e no seu sentido ao longo do tempo. Conforme ocorre essa alteração temos diversos tipos de corrente alternada.

O principal tipo de corrente alternada é a senoidal e nela podemos aplicar todos os conceitos que conhecemos de frequência, período, frequência angular e velocidade angular.

Para representar uma onda senoidal podemos utilizar um fasor. Um fasor é um vetor girante. Na imagem a abaixo temos a direita um diagrama fasorial e a esquerda a onda senoidal resultante.

diagramafasorial

O diagrama fasorial é muito utilizado na analise de circuitos de corrente alternada por permitir analisar tensão e corrente de forma fácil, permitindo, por exemplo, a analise da defasagem.

A imagem a seguir nos permite compreender um diagrama fasorial. A direita temos uma onda senoidal ao longo do tempo, no eixo x o tempo e no eixo y a amplitude. A esquerda temos o diagrama fasorial que expressa esta onda o instante t=0.  Podemos perceber que Y’ indica a altura que a onda corta o eixo y e o comprimento do arco  Φ projetado no eixo x é a distancia entre o ponto que a onda corta o eixo x e a origem. Utilizando Φ  Y’ ainda podemos encontrar a amplitude máxima.

diagramafasorial2

É útil saber utilizar o diagrama fasorial para podermos somar grandezas senoidais diretas sem usar a equações das ondas senoidais. Na imagem abaixo temos à direita dois vetores, Vm1 e Vm2 e a soma deles gera Vm e à esquerda temos duas ondas senoidais, b1 e b2, e a soma delas gera a onda b.

Podemos perceber que o gráfico á esquerda corresponde a um diagrama fasorial das ondas mostradas à direita, assim podemos visualizar que a soma dos vetores corresponde a soma das ondas.

diagramafasorial3

Comments are closed.